Internacionalização de ficheiros de JavaScript

Os últimos posts no meu blog têm sido acerca do tema da internacionalização de aplicações, nomeadamente:

O post de hoje contínua o sobre o método alternativo com ASP.NET, recorrendo a ao GetText do GNU. Como vimos, a aplicação do método _() para substituir texto localizável tornava-se um recurso simples e eficiente na internacionalização de ASP.NET. Em especial, é um método adoptado pela restantes linguagens e evita o esforço extra necessário para introduzir o texto em ficheiros .resx.

Continue reading

ASP.Net – Método alternativo de internacionalização (i18n)

A internacionalização de aplicações (internationalization – i18n) para posterior localização (localization – l10n) é um processo multi-passo, que envolve a detecção de texto que deve ser apresentado em múltiplas línguas, bem como a preparação da base de código para que o texto possa ser correctamente traduzido.

Cada tecnologia tem a sua própria forma de implementar mecanismos que auxiliam a tradução. .Net recorre a recursos compilados na forma de ficheiros .resx . Os ficheiros .resx são de uma forma geral pares chave-valor, estruturados em XML, que são compilados para dlls carregados no inicio da aplicação.

Continue reading